Currículo em inglês | Dicas e características

Currículo em inglês | Dicas e características

Se você estiver pensando em se candidatar a um emprego no exterior ou em uma empresa estrangeiro que atua no Brasil, apresentar seu currículo em inglês pode ser fundamental. Afinal, mesmo que a vaga seja para trabalhar no Brasil, é possível que a empresa peça seu CV em inglês. E, mesmo que ela não especifique a língua, você poderá deixar uma boa impressão ao se "apresentar" em inglês.

Apesar das vantagens que você poderá ter ao preparar um currículo em inglês, colocar essa ideia em prática nem sempre é simples. Afinal, mesmo que você seja fluente em inglês, pode não conhecer as particularidades do formato do CV nessa língua, assim como os títulos que normalmente são dados a cada seção ou a palavra mais utilizada para se referir a algum item específico.

No entanto, você não precisa se preocupar tanto. Na verdade, um currículo em inglês não é muito diferente, em estrutura, de um CV em português. Você pode, também, aplicar os termos mais utilizados em inglês consultando a fonte correta. Neste artigo, iremos ajudá-lo nessa missão!

Formato de um currículo em inglês

Um currículo em inglês deve ter o mesmo tamanho que um CV em português: duas páginas, no máximo (se possível, apenas uma). É mais comum, no entanto, adicionar numeração às páginas no currículo em inglês. Já a disposição dos itens, em um CV em inglês, costuma seguir a ordem cronológica reversa, como ocorre no Brasil. Ou seja, as últimas experiências do candidato são listadas primeiro.

A disposição das seções em seu currículo é a mesma utilizada no Brasil. Assim como na versão em português, seu currículo em inglês também começa apresentando seus dados pessoais, para depois exibir, na sequência, seu resumo profissional, experiências anteriores, dados de sua formação acadêmica ou escolar e, finalmente, suas habilidades ou competências.

A principal diferença de um currículo em inglês para um em português é a presença praticamente obrigatória do perfil ou resumo profissional. No entanto, é altamente recomendável que você também o adote em seu currículo em português, caso queira manter uma versão "doméstica" do seu CV. Afinal, ele ajuda a tornar seu currículo mais consistente e atraente em qualquer idioma.

Como adaptar seu currículo para o inglês

Você deve ter cuidado ao traduzir seu currículo. Principalmente, com traduções literais. Ao utilizar tradutores online, por exemplo, muitas expressões podem ficar sem sentido. Ao mesmo tempo, você pode estar utilizando termos que não são os mais naturais para um leitor nativo de língua inglesa, o que certamente causará estranhamento durante a leitura e poderá até mesmo fazê-lo duvidar do seu nível de inglês.

Para evitar isso, você pode adotar o padrão a seguir para nomear as seções de seu currículo em inglês.

Títulos em português:

  • Dados pessoais - Personal details
  • Resumo profissional/Perfil profissional - Summary/Professional Summary/Profile
  • Experiência/Experiência profissional/Histórico profissional - Work experience/Experience
  • Formação acadêmica/Educação/Formação - Education
  • Habilidades/Competências - Skills/Competences
  • Idiomas - Languages

Caso você queira facilitar um pouco a sua vida, poderá recorrer ao Jobseeker. Com ele, você não precisará se preocupar com a tradução dos títulos. Basta clicar em um botão para alterar todos os títulos do português para o inglês. É possível, ainda, traduzi-los automaticamente para outras línguas, como francês, alemão e espanhol. É claro que isso não livrará você de ter de nomear outros itens em inglês, como cursos realizados, cargos anteriores etc., mas já poupará parte do trabalho e garantirá que os elementos com maior destaque no currículo estejam livres de erros.

A seguir, mostramos como você pode adaptar os itens de cada seção do português para o inglês.

Título do currículo em inglês

Um currículo é chamado de “resume”, nos Estados Unidos e no Canadá, e de CV, em outros países de língua inglesa.

Dados pessoais | Personal data

Assim como no currículo em português, você deve incluir, no currículo em inglês, seu nome, local de residência (não traduzir), endereço de e-mail e número de telefone, além de outras informações que possam ser relevantes conforme a vaga à qual você esteja se candidatando.

Nos Estados Unidos, é ilegal listar idade, sexo e estado civil no currículo, devido a rígidas leis antidiscriminação. Isso também se aplica ao uso de foto no currículo, mas isso não é problema para uma empresa inglesa.

Ao escrever o seu número de telefone, certifique-se de incluir o código do país, caso você esteja em um país diferente daquele onde está seu recrutador. No caso do Brasil, o código internacional é +55.

Palavras mais utilizadas:

  • Full name (Nome completo)
  • Address (Endereço)
  • Phone number (Número de telefone)
  • E-mail

Resumo profissional/Summary

Um currículo em inglês não deve vir sem um resumo ou perfil profissional. Você deve descrever, em no máximo 5 linhas de texto corrido, quem você é, no que você é bom e que tipo de trabalho você está procurando. Seu perfil deve ser relevante para a posição para a qual você está se candidatando, portanto, leia bem a descrição da vaga e use esse espaço para mencionar apenas o que tem relação com ela.

Utilizar uma linguagem neutra, evitando pronomes na primeira ou terceira pessoa.

Exemplo:

Resume

English professor and researcher with +15 years of experience teaching courses on postgraduate level. Published over 50 articles in peer-reviewed journals.

Experiência | Work experience

Os empregos que você teve são listados em ordem cronológica inversa em um currículo em inglês. Assim como ocorre no resumo profissional, usa uma linguagem neutra, evitando a primeira e a terceira pessoas. Alguns exemplos de verbos úteis para descrever cada experiência são:

  • Achieved (conquistei)
  • Improved (melhorei)
  • Developed (desenvolvi)
  • Implemented (implementei)
  • Managed (gerenciei)
  • Collaborated (colaborei)
  • Attained (alcancei)

Palavras mais utilizadas:

  • Company (Nome da empresa)
  • Period (Período
  • Occupation (Ocupação)
  • Position (Posição)
  • Activities (Atividades)
  • Responsibilities (Responsabilidades)

Formação | Education

Os cursos que você fez também são listados em ordem decrescente em um currículo de inglês, ou seja, começando pelo último curso que concluiu. Certifique-se de que você está usando a tradução correta para os diferentes níveis acadêmicos:

  • Bachelor (Bacharel)
  • B.A. ou B.S. (Bachelor of Arts e Bachelor of Science, respectivamente)
  • Masters / Msc (Mestrado)
  • PhD (Doutorado)

Você pode mencionar apenas o título acadêmico, a instituição onde se formou (não precisa traduzir seu nome) e o período do curso, conforme o exemplo:

Education

Master’s in business, February 2019 - XYZ University

B.S. in Economics, August 2015 – ABC University

Habilidades | Skills

Nesta seção, você pode (e deve) incluir todas as habilidades relevantes para a vaga à qual está se candidatando. Você pode dar destaque a seus conhecimentos em informática, por exemplo:

Expert in MS Office and Tableau

Experienced in Python, JavaScript and C++

Idiomas | Languages

O mais indicado é descrever sua fluência em idiomas em uma seção separada, principalmente quando você tem um nível elevado em uma ou mais línguas estrangeiras. Utilize as seguintes categorias para indicar seu nível de conhecimento em cada idioma:

Basic (básico)

Intermediate (intermediário)

Advanced (avançado)

Fluent (fluente)

Native (nativo)

Bilingual (bilíngue)

Exemplo:

Native Portuguese speaker

Fluent in English and Spanish

Finalmente

Caso você não esteja seguro(a) com seu currículo em inglês, pode contratar um tradutor profissional para traduzi-lo ou revisá-lo. Outra opção é pedir para um falante nativo conferi-lo para você. Você pode, ainda, diminuir seu trabalho e garantir que a estrutura do seu currículo em inglês está traduzida corretamente utilizando o Jobseeker. Com ele, você pode traduzir os títulos das suas seções com apenas um clique.