Exemplo de currículo de vendedor

Exemplo de currículo de vendedor

A área de vendas é tão ampla quanto a diversidade de uma economia. Afinal, a maioria das empresas depende de vendedores para transformar produtos e serviços no faturamento de que precisam para sobreviver. Por isso, quando falamos em um currículo de vendedor, estamos nos referindo a profissionais que trabalham em lojas de roupas, concessionárias de veículos, serviços de consultoria e muito mais.

É claro que há diferenças significativas, por exemplo, entre preparar um currículo para vendedor de brinquedos ou para o departamento comercial de uma empresa que fabrica aviões. Elas vão desde o tipo de experiência e formação que o profissional precisa mostrar que tem até as habilidades necessárias em cada área. No entanto, também é inegável que muitos elementos são valorizados em qualquer currículo de vendedor.

Neste artigo, falamos sobre o que é essencial em um bom currículo vendedor, seja qual for a sua área de atuação. Explicamos, ainda, algumas especificidades de determinados tipos de vendedores. Assim, você saberá o que fazer, exatamente, ao preparar um currículo vendedor de loja ou se atuar no departamento comercial de uma grande empresa, entre outros exemplos.

Dados pessoais: inclua o mínimo necessário

Informações como nome e endereço formam a primeira seção que um empregador ou recrutador irá ler em seu currículo de vendedor. Portanto, você deve evitar incluir dados desnecessários. Atenha-se ao que é essencial: nome completo, endereço (ou apenas os nomes da cidade e do estado onde você mora) e informações de contato (telefone e e-mail).

Dados pessoais

Nome: Eduardo Bernardes

E-mail: eduardo.bernardes@email.com

Telefone: (51) 90000-9000

Endereço: Rua das Orquídeas 610, CEP 48120-200, Florianópolis (SC)

É claro que, dependendo da área na qual você pretende trabalhar, pode ser interessante ou até esperado que você inclua mais informações.

Por exemplo, caso você esteja se candidatando a uma vaga como representante comercial de uma distribuidora ou da empresa fabricante de um certo produto, pode precisar ter carta de motorista e até mesmo o seu próprio veículo para trabalhar. Em casos assim, para mostrar que atende a esses requisitos, considere citar informações como a(s) categoria(s) de sua carta de motorista e o fato de ter um veículo próprio.

Você também pode incluir, em um currículo vendedor, seu perfil do LinkedIn ou de alguma rede social que utilize para vendas, por exemplo. Tudo irá depender da vaga em questão e daquilo que possa representar uma vantagem para você.

Perfil profissional: venda a si mesmo(a)

Se você é um(a) vendedor(a) de mão cheia, o perfil profissional, também chamado de resumo profissional, é a melhor oportunidade de demonstrar isso em seu currículo. Não estamos falando de escrever uma simples descrição de vendedor para currículo. Neste caso, o que está em jogo é seu talento para "vender" a si próprio(a).

O perfil profissional é um parágrafo curto, composto por três a cinco frases, em que você faz uma apresentação de suas principais qualidades, objetivos e motivações ao se candidatar para a vaga em questão. Dessa forma, faz uma espécie de apresentação pessoal para convencer o recrutador a ler seu currículo até o final. Logicamente, enquanto vendedor(a), é esperado que você demonstre um excelente poder de convencimento em poucas linhas.

Para convencer o recrutador, é preciso mencionar experiências e qualidades que ele realmente procura em um profissional. Além disso, você deve demonstrar interesse pela área na qual se propõe a atuar.

Perfil

Vendedor com mais de 10 anos de experiência no varejo de vestuário. Melhor desempenho em vendas da loja Surfe Total, em Florianópolis, nos últimos três anos. Pretendo demonstrar o mesmo profissionalismo, motivação e foco no resultado em uma nova etapa em minha carreira, desta vez pela Clothing Store.

Experiência no currículo de vendedor

Logicamente, a experiência profissional também conta muito para quem pretende trabalhar com vendas. Como, na maioria das vezes, não é exigida uma formação específica para atuar como vendedor, suas experiências com o produto em questão e os resultados obtidos até então serão o seu principal cartão de visitas.

Caso você já tenha uma longa carreira em vendas, selecione (até três) experiências dentro da mesma área. Afinal, você não precisa mencionar que já trabalhou como vendedor de planos de TV por assinatura ao se candidatar para atuar com vendas de seguros. Obviamente, isso muda de figura se você não tem experiências mais relevantes para citar em seu currículo de vendedor. Nesse caso, outra vivência anterior pode fazer a diferença.

Seja como for, não deixe de mencionar as principais responsabilidades que exerceu em cada empresa. Na área de vendas, rotinas de atendimento e fidelização de clientes são importantes. Saber como processar pagamentos, também – principalmente, se a vaga for para trabalhar em uma loja pequena. Além disso, se tiver tido bons resultados com metas de vendas em empregos anteriores, mostre isso com números.

Experiência

Abr 2017 – Fev 2021 Vendedor assistente, Loja Surfe Total, Florianópolis

  • Atendimento aos clientes
  • Suporte ao gerente em rotinas administrativas
  • Processamento de pagamentos
  • 3x melhor vendedor do ano

Jan 2014 – Mar 2017 Vendedor, Loja Top Fashion, São José

  • Atendimento ao cliente
  • Montagem de vitrines
  • +90% metas mensais batidas

Mai 2011 – Nov 2013 Estilo Shop, Florianópolis

  • Estilo Shop, Florianópolis
  • Processamento de vendas
  • Fechamento de caixa
  • Produção de relatórios

Não teve, até o momento, muitas experiências profissionais como vendedor? Forneça mais detalhes para valorizar as passagens incluídas em seu currículo. Você também pode citar outras experiências que indiquem conhecimento da área em questão.

Por exemplo, em um currículo vendedor de loja, você pode mencionar que trabalhou como operador(a) de caixa. Em um currículo para vendedor de veículos, pode incluir experiências como motorista. E assim por diante.

Educação: depende da sua área de atuação

Não existe uma formação específica que seja exigida ou indicada de forma geral para os profissionais de vendas. Afinal, tudo dependerá do tipo de produto e do perfil da empresa em que você pretende atuar, entre outros elementos relevantes.

Empresas que fabricam e/ou comercializam produtos de elevada especificidade técnica podem exigir graduação em uma determinada área. Empresas de tecnologia e empreiteiras, por exemplo, muitas vezes procuram profissionais de vendas formados em cursos de engenharia. Se esse for o seu caso, não deixe de citar o diploma nesta seção.

Em outros setores, como no varejo de vestuário, alimentos ou eletrodomésticos, o mais comum é a exigência de ensino médio completo. Em casos assim, não deixe de citar a escola onde cursou ou completou o ensino médio, e em que período de tempo. Se você tem um diploma de ensino superior (ou tem um curso em andamento), pode incluir essa informação e dispensar a menção à formação no ensino médio.

Aliás, se tiver um curso em andamento, pode ser importante deixar isso bem claro em seu currículo de vendedor. Principalmente, se isso puder interferir em sua disponibilidade de horários. Para jogar limpo, basta mencionar a parte do dia em que você estuda e qual a conclusão prevista para o seu curso.

Formação

Mar 2019 – Presente Graduação em Administração, UDESC, Florianópolis

  • Curso noturno
  • Conclusão prevista: 2023

Habilidades relevantes para vendedores

Há diversas habilidades que podem ser relevantes em uma descrição de vendedor para currículo. Elas incluem diversas competências técnicas (hard skills), como o processamento de pagamentos, contagem de inventário, visual merchandising (apresentação de produtos em vitrines, expositores etc.) e fidelização de clientes. No entanto, também há muitas habilidades sociais (soft skills) que você pode citar.

Algumas habilidades sociais podem ser mais importantes em determinados contextos. Caso a posição desejada seja em uma equipe grande de vendas, a habilidade de trabalhar em grupo será essencial. Se a vaga for de nível sênior e incluir funções de treinamento de pessoal, a liderança passa a ser mais relevante. Seja como for, é importante conferir a descrição da vaga para identificar o que vale a pena mencionar.

Qualidades

  • Operação de caixa
  • Visual merchandising
  • Fidelização de clientes
  • Comunicação interpessoal
  • Trabalho em grupo
  • Liderança

Dica do especialista

Na área de vendas, principalmente quando falamos do setor de varejo, é comum que empregadores procurem referências sobre candidatos a uma vaga. Você pode ganhar pontos em uma seleção ao incluir nomes e contatos de referências profissionais em seu currículo de vendedor. Afinal, isso não apenas facilita a vida de recrutadores e outros profissionais, como também passa uma importante imagem de autoconfiança.

Como formatar seu currículo

Um currículo vendedor não requer preocupações especiais em relação ao seu formato, na comparação com currículos de outras áreas. Lembre-se de escolher fontes e cores discretas, que tornam a leitura agradável. Elementos como cabeçalhos e marcações em negrito também podem ajudar a leitura.

Quanto à ordem das diferentes seções, um currículo padrão costuma ter a seguinte organização:

Também é recomendado que seu currículo tenha apenas uma página. Lembre-se, ainda, de revisar bem o conteúdo para evitar erros de português que possam prejudicar a sua candidatura.

Crie seu currículo agora!

Deseja se destacar em sua próxima seleção de emprego? Então, escolha um modelo de currículo para vendedor e preencha todas as suas informações em questão de minutos.

Crie o seu currículo de vendedor agora mesmo!

Fique à frente da concorrência

Faça com que as suas inscrições de emprego se destaquem dos outros candidatos.