Currículo americano: diferenças entre CV e resume

Currículo americano: diferenças entre CV e resume

Se você já se candidatou a uma vaga de emprego nos EUA ou simplesmente navegou em sites locais sobre o assunto, então já sabe que há uma palavra diferente para se referir ao "currículo americano" em processos seletivos. Em vez de usar a expressão curriculum vitae, normalmente abreviada como CV (e traduzida como "currículo" no Brasil), os norte-americanos costumam falar sobre o resume dos candidatos. Já um CV, nos EUA, é um documento diferente e mais extenso, usado principalmente no meio acadêmico.

Neste artigo, explicamos as diferenças entre um currículo americano e um resume. Além disso, explicamos as diferenças de ambos em relação ao currículo utilizado no Brasil e em outras partes do mundo. Desse modo, você poderá tirar suas dúvidas sobre como preparar um resume ou um currículo em inglês, caso precise aplicar para uma vaga nos EUA, por exemplo. Vamos lá!

CV ou resume? Onde usar cada formato

Está pensando em aplicar para uma vaga em um país de língua inglesa e não sabe qual formato e nome de documento usar? Então, vamos direto ao ponto, para que você não tenha dúvidas na hora de se candidatar a uma vaga.

Antes de tudo, é importante ter bem claro que a diferenciação entre resume e CV existe apenas nos Estados Unidos e no Canadá. Ou seja, é exclusiva dos dois países de língua inglesa da América do Norte. Em outros países de língua inglesa, não há, em geral, essa diferenciação. Existe apenas o currículo padrão, normalmente chamado de curriculum vitae ou CV, em formato similar ao usado no Brasil.

Portanto, para encurtar a história, os seguintes países diferenciam o resume, semelhante ao currículo brasileiro e usado no mercado de trabalho) do CV. O currículo americano é mais extenso que o currículo usado no Brasil e destinado a candidaturas no meio acadêmico:

  • EUA
  • Canadá

Enquanto isso, os seguintes países de língua inglesa usam apenas o CV, do mesmo modo como é usado no Brasil:

  • Reino Unido
  • Irlanda
  • Nova Zelândia
  • Outros países da Europa (caso você apresente sua candidatura em inglês)

Por fim, há ainda dois casos de países onde o mesmo documento é chamado tanto de resume quanto de CV, mas tem a mesma função e formato do currículo brasileiro:

  • Austrália
  • África do Sul

Quando usar um CV nos EUA e no Canadá

Como explicamos, o CV usado nos EUA e no Canadá é diferente daquele que conhecemos no Brasil. Nesses países, o "currículo" americano é utilizado em candidaturas na área acadêmica. Isso inclui não apenas seleções para vagas e bolsas de mestrado ou doutorado, mas também processos seletivos nas áreas acadêmica, educacional ou de pesquisa.

Normalmente, é exigido um CV em seleções de emprego para as seguintes funções, entre outros casos:

  • Pesquisador em uma universidade ou empresa
  • Médico ou profissional de saúde de alto escalão
  • Professor universitário ou de níveis inferiores

O currículo americano fornece uma visão abrangente de seus conhecimentos e produção intelectual e científica em uma determinada área. No Brasil, por exemplo, o currículo Lattes acaba cumprindo grande parte dessa função.

Quando usar um resume nos EUA e no Canadá

Já o resume será a opção correta quando você for se candidatar a uma vaga de trabalho fora da área acadêmica, educacional ou de pesquisa. Ele é o documento indicado para a maioria das profissões e na maioria dos casos. Ou seja, se você deseja se candidatar a uma vaga no setor de TI ou para trabalhar em uma loja de roupas, entre inúmeros outros exemplos, então terá que preparar um resume.

Obviamente, a diferença entre o CV e o resume, nos EUA e no Canadá, não se limita ao nome de cada formato. Há determinados aspectos, em cada um dos formatos, que atende a demandas específicas.

Como é o curriculum vitae (CV) nos EUA e no Canadá

Curriculum vitae, normalmente abreviado como CV, significa curso de vida em latim. No entanto, esse curso de vida é muito mais detalhado no CV usado nos EUA do que no currículo usado no Brasil e em outros países. No caso do CV americano, você precisará incluir as seguintes informações:

Fica claro, portanto, o quanto o currículo americano é voltado à área acadêmica. Afinal, na maioria das outras áreas, não seriam necessárias, por exemplo, seções dedicadas a publicações ou a referências.

Esse modelo de CV costuma ter, no mínimo, duas páginas. No entanto, pode se tornar muito mais extenso, dependendo da experiência e da produção acadêmica do candidato. Além disso, é muitas vezes acompanhado de uma carta de apresentação e de cartas de referência assinadas por profissionais ou pesquisadores da mesma área.

Como é o resume nos EUA e no Canadá

O termo em inglês resume vem do francês résumé ("resumo", em português). Portanto, como o próprio nome indica, trata-se de um documento conciso que resume sua vida profissional. O resume é semelhante ao CV usado nos EUA, mas bem mais breve e objetivo. Ou seja, cumpre a mesma função que o currículo usado no Brasil e em outros países.

Ao preparar um resume, você deve manter o foco em informações relevantes para a vaga específica à qual você está se candidatando. É recomendável, também, incluir um Resumo Profissional logo após os seus Dados Pessoais. Com eles, você pode, em três a cinco frases, fazer uma breve apresentação das suas competências e objetivos profissionais, de modo a convencer o empregador/recrutador a ler o restante do seu currículo.

De modo geral, um resume contém as seguintes seções, análogas às que se costuma usar em um currículo profissional no Brasil:

  • Dados pessoais
  • Resumo profissional
  • Experiência profissional
  • Formação/educação
  • Habilidades pessoais
  • Idiomas

A extensão de um resume não passa, normalmente, de duas páginas. Recomenda-se, no entanto, manter o documento em uma só página, a não ser que sua experiência na área seja muito vasta, por exemplo.

Finalmente

Concluímos, portanto, que as diferenças entre um resume e um CV, nos EUA e no Canadá, podem ser sutis, em muitos casos. Em outros, porém, podem ser enormes. É importante, portanto, não confundir a finalidade e o formato de cada documento. Confira sempre o que cada empresa ou instituição de ensino está pedindo, exatamente, e prepare seu resume ou CV de acordo com as orientações recebidas.

Caso não haja instruções claras a respeito, siga nossas informações sobre o que é esperado em cada país e/ou área profissional. Desse modo, você estará no caminho certo e certamente aumentará suas chances de deixar uma boa impressão ao se candidatar a uma vaga específica.

Fique à frente da concorrência

Faça com que as suas inscrições de emprego se destaquem dos outros candidatos.