Currículo em PDF ou Word: qual o melhor formato?

Currículo em PDF ou Word: qual o melhor formato?

Há, normalmente, dois formatos de arquivo entre os escolher ao salvar um currículo profissional preparado no Microsoft Word. Você pode mantê-lo no formato original, como um arquivo de extensão .doc ou .docx, ou salvar a versão final como um arquivo em PDF. Muitos profissionais podem ficar na dúvida, ao salvar (e também na hora de enviar) o currículo. Apesar de o mais indicado ser, normalmente, salvar e enviar seu currículo em PDF, isso pode depender um pouco da situação. Neste artigo, discutimos os prós e os contras de cada opção e ajudamos você a tomar a decisão certa para o seu caso.

Para tomar a decisão certa para o seu caso, você deve obedecer a duas regras básicas:

  • Se o empregador ou recrutador indicou como deseja receber o currículo apenas siga as instruções. Isso pode ter sido descrito no anúncio da vaga, por exemplo.
  • Se não houver qualquer informação sobre como proceder, envie o currículo em PDF.

Prós e contras do currículo em PDF

O currículo em PDF oferece algumas vantagens claras em relação a outros formatos de documentos, inclusive no que diz respeito ao Word. A principal delas é que os elementos ficam fixos na página, em um PDF. Ou seja, você não corre o risco de seu currículo ficar todo bagunçado, dependendo do programa escolhido para abri-lo, da versão desse programa ou do tamanho da tela, por exemplo. Outra vantagem importante é que ele costuma ser compatível com qualquer dispositivo.

A principal desvantagem de um arquivo PDF é a dificuldade para editá-lo (apesar de que isso também pode ser uma vantagem, caso ele caia em mãos erradas). Para editá-lo, é preciso usar uma versão Premium do Adobe Acrobat ou alguma ferramenta alternativa, como conversores online. Portanto, normalmente, você terá de manter, além da versão em PDF do seu currículo, uma versão editável - como o arquivo original em Word, por exemplo.

Porque PDF é a melhor escolha

Apesar da necessidade de manter duas versões do arquivo, optar por salvar e enviar seu arquivo em PDF será a melhor decisão na maioria dos casos. Caso não haja uma instrução contrária por parte do recrutador, vá por esse caminho.

Ao enviar seu currículo em PDF, você fica com a garantia de que, na tela ou impresso, ele aparecerá para as outras pessoas exatamente do modo como você o preparou. Quantas vezes você já abriu um documento do Word em um dispositivo diferente ou em outra versão do programa e ficou desolado(a) ao ver que ele havia ficado todo desconfigurado? Nada melhor que evitar o risco de deixar essa má impressão em uma seleção de emprego.

Escolhendo o Word em casos específicos

Em alguns casos, a empresa ou agência que está cuidando do processo seletivo pode preferir receber os currículos em formato do Word. Isso pode ocorrer, por exemplo, se ela utiliza um ATS (applicant tracking system ou sistema de rastreamento de candidatos) para processar os currículos recebidos.

Um ATS é um sistema em que os dados de candidatos são armazenados e processados com ferramentas específicas para facilitar o trabalho do recrutador. Por isso, você precisa assegurar que seu currículo é compatível com o ATS utilizado para o seu processamento. Ocorre justamente que, em muitos casos, um arquivo em Word pode ser mais facilmente processo pelo ATS do que um documento em PDF.

As empresas, claro, sabem quando seu sistema tem problemas para processar documentos em PDF. Como não querem correr o risco de perder bons currículos por isso, elas normalmente avisam os candidatos para enviar currículos no formato adequado. Portanto, basta a você ficar atento ao ler a descrição da vaga ou o e-mail recebido com instruções sobre sua candidatura. Caso haja instruções nesse sentido, siga-as corretamente, ou seu currículo em PDF pode ser simplesmente descartado.

Como salvar seu currículo do Word (.doc) em PDF

Felizmente, as versões mais recentes do Microsoft Word dão a opção, ao usuário, de salvar facilmente um arquivo do Word como PDF. Após terminar de editar seu currículo, basta clicar em Arquivo, no menu superior, e em Salvar como. Será aberta, então, uma janela com as opções para você salvar seu arquivo. Você terá, então, que fornecer pelo menos três informações sobre o documento:

  • Nome (falamos mais a respeito na próxima seção deste artigo)
  • Pasta onde você deseja salvá-lo (preste atenção neste ponto, para não perder o currículo de vista depois)
  • Formato

Em relação ao formato do documento, o padrão, que já vem selecionado, é a opção Documento do Word (extensão .docx). Esse é o formato das versões mais recentes do Word (as versões antigas usavam a extensão .doc). Para alterar o formato, basta clicar nas opções e selecionar PDF (.pdf). Depois, é só salvar o arquivo. Lembre-se de conferir o documento salvo em PDF para ver se deu tudo certo ao exportá-lo para esse formato.

Lembre-se, também, de salvar uma versão do currículo em Word, afinal, você provavelmente vai querer alterá-lo em algum momento, e fazer isso no próprio PDF pode ser uma missão frustrante.

Saiba que nome dar ao seu currículo

Ao salvar o currículo, seja qual for o formato, seja o mais informativo(a) possível ao escolher um nome para ele. O ideal é incluir, no nome do documento, o seu nome, o cargo para o qual ele é direcionado e a data (pelo menos, o mês e o ano) em que ele foi salvo. Assim, você torna ele facilmente distinguível e localizável para o recrutador, durante o processo seletivo. Essas informações também podem ajudar você a localizar o currículo eu seu computador e a saber de qual versão dele se trata (para qual vaga e quando ele foi atualizado, por exemplo).

Facilite sua vida com o Jobseeker

Caso você prefira uma opção mais prática, ao preparar seu currículo, e que também permita salvá-lo em PDF, o melhor pode ser optar por um gerador de currículo online. Usando o Jobseeker, você pode preparar seu currículo em questão de minutos, inclusive importando informações de seu antigo documento em Word. Depois, basta atualizar suas informações, aplicar seu layout favorito de forma automática e pronto! Você tem agora um currículo fresquinho para baixar em PDF e enviar para os seus contatos.

Não esqueça

Depois de salvar seu arquivo em PDF, faça uma última revisão antes de enviá-lo. Afinal, você está alterando o formato do documento, e isso pode fazer algo sair do lugar. Além disso, é possível que você repare em alguma falha (como um item faltando ou um erro de digitação) nessa última revisão. Portanto, olhos abertos e boa sorte!

Fique à frente da concorrência

Faça com que as suas inscrições de emprego se destaquem dos outros candidatos.