Crie um currículo básico

Crie um currículo básico

Ter uma base de currículo que você possa adaptar a cada candidatura de emprego, é a estratégia mais inteligente para tornar tudo mais rápido e prático. Um currículo estratégico e bem elaborado é essencial para chamar a atenção dos recrutadores e aumentar as suas chances de conquistar aquela tão sonhada vaga de emprego.

No entanto, por preguiça ou desconhecimento, muitos profissionais à procura de colocação no mercado preferem preparar um único currículo completo, com o máximo de informações possíveis, e submetê-lo a todas as seleções de emprego que veem pela frente.

Esse é um erro grave! Afinal, existem diversos tipos de currículos profissionais, cada um deles com características voltadas a contextos específicos. Além disso, não só a área profissional e o tipo de vaga podem variar, mas também as características que você pretende valorizar a cada seleção de emprego.

Portanto, o ideal é preparar sempre um currículo exclusivo para cada vaga. Às vezes, as alterações que você precisará fazer, entre uma vaga e outra, serão pequenas. Em outras ocasiões, seu currículo pode acabar bem diferente. Logo, qualquer recurso para facilitar esse processo e tornar as coisas mais ágeis é mais que bem-vindo.

Neste artigo, damos dicas para você montar um currículo básico com todas as informações úteis sobre sua vida profissional. Assim, você já terá grande parte do trabalho pronto no momento em que precisar criar uma versão específica para uma vaga de emprego.

Criando um currículo básico

Candidatar-se em uma seleção de emprego com um currículo ajustado e pensado exclusivamente para a vaga desejada pode aumentar (e muito) as suas chances de ser selecionado para a próxima etapa. Pensando nisso, é importante ter todas as informações ao seu alcance, em um currículo completo.

Nesse documento, você deve manter o seguinte conteúdo constantemente atualizado:

  • Um texto-base para seu resumo profissional
  • Informações sobre suas experiências profissionais, incluindo todos os empregos que você teve (seja qual for a área ou tipo de trabalho), com datas de início e término, nomes das empresas e dos cargos que você teve, descrições de suas atividades e de projetos específicos que tenham sido mais relevantes
  • Informações sobre sua formação escolar e acadêmica, incluindo todos os nomes de cursos e instituições, datas de início e término, trabalhos importantes realizados etc.
  • Informações sobre qualquer curso ou formação que você já realizou, incluindo workshops, cursos online, capacitações internas etc.
  • Informações sobre atividades acadêmicas, como estágios realizados, grupos de estudos, atividades de pesquisa, participação em congressos etc. com datas, nomes e descrições
  • Lista de suas habilidades pessoais, incluindo conhecimento em idiomas estrangeiros, softwares e qualquer outra competência profissionalmente relevante, incluindo descrições e menções a certificações, se for o caso
  • Atividades paralelas que possam ser relevantes, como voluntariado, participação em associações profissionais, hobbies etc.
  • Prêmios recebidos, distinções acadêmicas etc.
  • Referências de ex-professores, colegas, gerentes e clientes com os quais você trabalhou, com nomes, meios de contato e especificação da relação que você tem ou teve com cada pessoa

Um currículo base como esse, que apresenta todo os tipos de informação em detalhes, não será, obviamente, o documento que você irá entregar em uma seleção de emprego. No entanto, ter essa base de currículo à disposição irá ajudá-lo na hora de montar uma versão adaptada para a vaga pretendida.

Assim, quando você for se candidatar a uma vaga, poderá trabalhar sobre uma cópia desse modelo, mantendo os itens que forem relevantes para a aplicação em questão e excluindo o que não interessa.

Do currículo básico para o currículo customizado

Ter um currículo básico pronto agiliza muito o processo de criação de um novo currículo a cada candidatura. Seu único trabalho será selecionar as informações relevantes e adaptar o conteúdo para deixá-lo ajustado à vaga.

Adapte seu currículo à vaga

Na hora de preparar uma versão específica do currículo, procure analisar bem a descrição da vaga, conferindo com atenção os critérios definidos pela empresa como obrigatórios para os candidatos. Atente-se, também, àqueles critérios que, apesar de não serem descritos como essenciais, são valorizados pela empresa. O importante é que o currículo coincida ao máximo com o cargo que você deseja. Por isso, dedique-se a entender bem que tipo de habilidades e conhecimentos mencionados no anúncio da vaga o candidato precisa ter para ser considerado ideal à função.

Pesquise sobre a empresa

Dar uma pesquisada nos canais da empresa (como site oficial e redes sociais) a respeito dos valores cultivados por ela também poderão ajudar a dar um toque personalizado ao seu currículo e fazer com que o recrutador selecione o seu currículo para a fase seguinte de uma seleção. Outra dica válida é conversar com pessoas conhecidas que já passaram pela empresa para ter um maior conhecimento do que é procurado em novos empregados.

Destaque as habilidades certas

A empresa está em busca de uma pessoa que consiga se comunicar com clientes no exterior? Destaque no currículo o seu nível de conhecimento em idiomas, informando por quanto tempo estudou línguas e onde, além de informar experiências no exterior, se as tiver. Se a vaga demonstrar, por exemplo, a importância de um profissional com habilidade de liderança, não deixe de valorizar sua experiência em liderar equipes em empregos anteriores. Lembre-se: quanto maior o destaque que você dá àquilo que é prioridade para a vaga, maiores são as suas chances.

Evite informações desnecessárias

Da mesma forma, é importante deixar de fora do currículo aqueles elementos que têm pouca ou nenhuma relação com o que está sendo pedido pela empresa. Por isso, não tenha medo de excluir informações que não agregam valor para a vaga à qual você está se candidatando. Manter no seu currículo dados irrelevantes só irá torná-lo mais fraco aos olhos de quem for lê-lo.

Cite experiências relevantes

Aproveite o espaço no currículo para dar mais detalhes sobre suas experiências profissionais que se encaixam bem com a vaga. Pode ser mais vantajoso para você, por exemplo, deixar de fora uma longa experiência de trabalho, já antiga e sem relação com a vaga, e ocupar esse espaço com a menção a um curso de curta duração realizado recentemente e na área da empresa à qual você está se candidatando.

Mais algumas dicas

Não deixe de destacar suas principais habilidades e aptidões, mas jamais invente algo ou nem exagere suas qualidades. Seja honesto quanto às suas qualidades, afinal, além de ser eticamente errado, mentir no currículo pode se voltar contra você (e não é tão difícil ser pego mentindo).

Como toque final, ao ajustar o seu currículo para uma nova aplicação, tente falar a língua da empresa. A forma mais simples de fazer isso é escolhendo as palavras certas e usando os mesmos nomes e expressões que a empresa usa em seus canais oficiais ou empregou na descrição da vaga. Portanto, por mais que você já tenha um "esqueleto" do seu currículo pronto, pode ser inteligente adaptar sua linguagem em alguns casos.

Finalmente

Mantendo um currículo básico atualizado, você tem tudo que precisa para criar, a cada nova necessidade, uma versão bem elaborada e que informe com inteligência a sua bagagem profissional, formação acadêmica e habilidades pessoais. Um currículo consistente faz você se destacar em meio aos outros candidatos e mostra que você está bem preparado para encarar um novo desafio profissional.

Fique à frente da concorrência

Faça com que as suas inscrições de emprego se destaquem dos outros candidatos.