O perfil profissional no seu curriculum vitae

O perfil profissional no seu curriculum vitae

Captar a atenção dos recrutadores é o maior desafio para a maioria dos candidatos a um emprego. A utilização de um perfil profissional logo no início do currículo pode ser a ferramenta perfeita para o conseguir. No entanto, sabe como criar um perfil profissional irrepreensível? Se não sabe, ou tem dúvidas, está no sítio certo pois iremos ajudá-lo a escrever o perfil profissional perfeito. Porém, antes de passar à ação, é necessário compreender exatamente o que é esta ferramenta.

O que é um perfil profissional?

Um perfil profissional, também conhecido como perfil pessoal, é um pequeno texto introdutório colocado no topo currículo que apresenta aspetos relevantes do candidato para a vaga em questão: experiência profissional, percurso académico e competências são alguns dos aspetos mais comuns nesta secção.

De uma forma resumida, podemos dizer que o perfil profissional serve para:

  • Chamar a atenção do recrutador;
  • Apresentar o candidato de forma sucinta e rápida;
  • Evidenciar a correspondência entre o cargo a ocupar e o perfil do candidato.

Atendendo aos pontos referidos, o perfil profissional não deve ser uma mera descrição genérica do currículo, mas uma forma de despertar o interesse do recrutador e de o “convidar” a ler o resto do currículo.

O perfil profissional deve prender a atenção dos recrutadores para que se sintam interessados em continuar a ler o seu cv.

Apesar de ser uma secção importante em muitos casos, o perfil profissional não tem necessariamente que fazer parte do curriculum vitae e há casos em que deve ser mesmo evitado. Por este motivo, é importante analisar os prós e contras de adicionar esta secção.

Prós e contras de adicionar um perfil profissional

É necessário avaliar se a inclusão do perfil profissional no seu curriculum vitae será uma mais-valia para a sua candidatura ou não. Desta forma, incluir o perfil profissional será quase sempre positivo se:

  • Tiver uma noção clara do que pretende em termos profissionais e referir como a oportunidade em questão se adequa à sua trajetória;
  • Se encontrar em processo de reconversão profissional e tiver que explicar por que motivo se está a candidatar a um trabalho que pode divergir do seu percurso até este momento;
  • Estiver à procura do primeiro emprego e ainda não tiver experiência profissional. Neste caso, o perfil profissional ajudará a enriquecer o seu CV.

No entanto, colocar o perfil profissional poderá ser negativo se:

  • Redigir textos não for o seu forte, já que poderá passar uma imagem pouco profissional;
  • Tiver dificuldades em escrever textos pequenos e/ou dificuldades em filtrar informação para apresentar apenas aquilo que é mais relevante;
  • O seu curriculum vitae for muito extenso, uma vez que ao concentrar-se exclusivamente em alguns pontos, poderá omitir outros que sejam relevantes. Esta situação é mais comum nas pessoas com uma longa carreira profissional.

Como escrever um perfil pessoal

Se pensa que o perfil pessoal seria uma mais-valia para o seu curriculum vitae, está na hora de aprender a escrevê-lo. Dividimos a sua criação em duas partes para proporcionar uma maior clareza: o conteúdo e a forma.

Conteúdo

  • Pertinência para a função a desempenhar: O conteúdo do seu perfil pessoal deve refletir as necessidades e valores da empresa. Por conseguinte, leia bem a descrição do emprego e o site da empresa e garanta que o seu perfil está em consonância com os mesmos;
  • Crie um resumo de competências ou qualidades: Liste os atributos pessoais e profissionais que possui, e que se adequam ao trabalho em questão;
  • Destaque os seus êxitos: Não se limite a fazer um resumo do currículo, mas destaque os seus feitos profissionais ou académicos, eventuais prémios que tenha recebido, a sua participação em projetos relevantes, etc.;
  • Quantifique: Os números podem chamar muito a atenção do recrutador, pelo que pode aproveitar para, por exemplo, referir qual a sua nota de final do curso (principalmente se esta lhe for favorável) ou o número de anos de experiência profissional.

Forma

  • Coloque-o no topo do seu CV: Independentemente do modelo de currículo que usar, separe esta secção das outras e destaque-a. Idealmente, deve ser uma das primeiras coisas que os recrutadores veem no seu CV;
  • Seja breve: Não tem muito tempo para convencer os recrutadores, por isso seja direto. Tente não ultrapassar 5 linhas para não desencorajar o recrutador;
  • Use a voz ativa: Isto torna o conteúdo mais pessoal e dinâmico, especialmente se utilizar verbos que evidenciem ação para descrever os seus principais sucessos.

Facto interessante

Sabia que os recrutadores costumam demorar menos de 10 segundos para verificar se vale a pena continuar a ler um curriculum vitae ou não? Isto faz com que seja muito relevante criar um perfil profissional com o conteúdo e forma mais adequados.

Exemplos de perfis profissionais

Nesta secção apresentamos alguns exemplos de perfis profissionais que incorporam as características mencionadas acima.

Criador de conteúdo digital

Sou um criador de conteúdo para websites e redes sociais com 6 anos de experiência. Sou criativo, proativo e primo pela qualidade em tudo o que faço. Crio conteúdo gráfico atrativo com Adobe Illustrator, e descubro as melhoras palavras-chave para qualquer conteúdo com o Moz Keyword Explorer. Já criei conteúdo para grandes empresas, tais como X e Y, pelo que estou certo que serei uma ótima adição à vossa equipa.

Estagiária de contabilidade

Terminei o mestrado em contabilidade este ano, com média de 16 valores. Fiz um estágio de verão na empresa X e procuro um estágio profissional na vossa empresa. Sou rigorosa, organizada e tenho um vasto conhecimento das normas contabilísticas. Faço voluntariado numa associação de apoio a pessoas carenciadas desde 2019.

Gestora de RH

Trabalhei mais de 10 anos como gestora de recursos humanos, Sou licenciada em psicologia das organizações e tenho formação na área da legislação laboral. Sou uma profissional fiável e muito organizada. Tenho uma vasta experiência nas áreas da contratação, onboarding e formação.

Não se esqueça…

Antes de colocar o perfil profissional no seu curriculum vitae certifique-se de verificar a ortografia e a gramática do texto. Se tiver dúvidas, esta poderá ser a situação perfeita para contactar aquele seu amigo com um talento enorme para a escrita.

Evite copiar e colar um dos muitos perfis profissionais existentes na internet. Não se esqueça de que basta uma simples busca para verificar se o seu perfil profissional foi copiado e que fazer isto irá influenciar negativamente a impressão do recrutador a seu respeito. Seja original e criativo, isto irá garantir que tenha as melhores hipóteses de ser bem-sucedido.

Fique à frente da concorrência

Faça com que as suas inscrições de emprego se destaquem dos outros candidatos.