Exemplo de curriculum vitae de vigilante de segurança
Escrito por Danny Almeida, Autor • Atualizado pela última vez a 17 de abril de 2024

Exemplo de curriculum vitae de vigilante de segurança

O vigilante de segurança é o profissional responsável pela proteção e garantia da segurança de pessoas, imóveis e bens. Os seus deveres podem variar dependendo do trabalho específico e do setor em que trabalha. Algumas das responsabilidades comuns de um vigilante de segurança incluem: patrulhar áreas para prevenir e detetar sinais de intrusão, roubo ou outras atividades suspeitas; monitorizar câmaras de segurança e alarmes para garantir a segurança das instalações; responder a emergências e pedir a assistência apropriada; interagir com o público, funcionários e visitantes de uma forma profissional e cortês; controlar o acesso a zonas restritas e monitorizar as entradas e saídas das instalações.

Se pretende trabalhar nesta área, então é fundamental criar um curriculum vitae para vigilante de segurança. Este servirá como uma ferramenta pessoal de marketing e ajudará a destacá-lo dos outros candidatos a emprego. Um curriculum vitae bem elaborado pode ajudá-lo a destacar as suas competências, experiência e qualificações, tornando-o um candidato mais atrativo para potenciais empregadores. Neste artigo ajudamo-lo nesta tarefa ao indicar as secções fundamentais que não devem faltar no seu curriculum vitae para vigilante de segurança e dizemos-lhe como o pode formatar.

Informações pessoais

Qualquer curriculum vitae começa com a secção de informações pessoais. Nesta secção, existem três elementos obrigatórios: primeiro e último nome, número de telefone e endereço de e-mail. Através destas informações, o recrutador saberá quem é e como o contactar para uma eventual entrevista. Porém, num curriculum vitae para vigilante de segurança é necessário colocar um quarto elemento: o número do cartão do MAI, algo atribuído após a conclusão, com aproveitamento, de um curso de formação de vigilante de segurança privada. Sem este cartão, não é possível exercer a profissão.

Existem outras informações que podem ser adicionadas como: endereço, data de nascimento, nacionalidade, carta de condução, estado civil, etc. Idealmente, não deve incluir demasiadas informações nesta secção, a menos que sejam realmente necessárias.

Informações pessoais

Nome: Marco Perestrelo
Email: marco_perestrelo@xyz.pt
Telefone: +351 952 747 996
Endereço: Avenida da Igreja, 56 - 5000-050, Vila Real
Cartão do MAI: 86167
Carta de condução: ligeiros

Perfil profissional

O perfil profissional é uma breve declaração colocada no topo do seu curriculum vitae que destaca os seus objetivos de carreira e o tipo de emprego que procura. Deve ser conciso, específico e adaptado ao cargo específico a que se candidata. Aqui estão alguns passos para o ajudar a escrever um perfil profissional para um curriculum vitae para vigilante de segurança:

  • Comece com a função: comece por especificar a função que procura, como "Vigilante de segurança experiente que procura emprego a tempo inteiro". Isto ajuda a garantir que a pessoa que lê o seu curriculum vitae saiba imediatamente que tipo de emprego está à procura.
  • Realce a experiência relevante: deve mencionar brevemente a sua experiência relevante na área da segurança. Pode escrever, por exemplo: "tenho 10 anos de experiência em segurança e um forte compromisso com a segurança e a proteção das pessoas, bens e instalações".
  • Mostre a sua motivação: mencione porque está interessado no trabalho e o que espera alcançar. Por exemplo, "procuro um trabalho desafiante onde possa utilizar as minhas competências e experiência para ter um impacto positivo na segurança da organização".
  • Enfatize as suas aptidões: realce as competências que o tornam num bom candidato para o cargo. Isto pode incluir aptidão física, atenção ao detalhe, capacidade de comunicação e capacidade de trabalhar num ambiente dinâmico, por exemplo.
  • Mantenha-o curto e direto ao assunto: um perfil profissional deve ser conciso e, geralmente, não tem mais do que cinco linhas. Deve transmitir rapidamente os seus objetivos de carreira e o tipo de trabalho que procura, sem entrar em demasiados pormenores.

Perfil profissional

Vigilante de segurança com 10 anos de experiência em segurança à procura de um cargo a tempo inteiro num ambiente desafiante onde possa utilizar as minhas competências de aptidão física, atenção ao detalhe e comunicação na avaliação de riscos e na resposta a incidentes para garantir a segurança e proteção das pessoas, bens e instalações.

Experiência profissional

A secção de experiência profissional num curriculum vitae para vigilante de segurança privada é a parte mais importante do documento. Esta secção apresenta a sua experiência de trabalho relevante e demonstra aos potenciais empregadores a sua capacidade de desempenhar as funções de vigilante. 

Deve ordenar os seus trabalhos por ordem cronológica, colocando o mais recente no topo para lhe dar maior destaque. Para cada trabalho deve-se colocar a função exercida, o nome da empresa e a sua localização, bem como a data de início e de término. Além disso, é importante usar pontos para dar exemplos específicos de tarefas e responsabilidades que tenha desempenhado nas suas anteriores funções de vigilante de segurança, assim como de realizações no trabalho. No que toca a estas últimas, pode, por exemplo, mencionar casos em que conseguiu resolver uma situação tensa ou em que descobriu e preveniu um roubo.

Experiência profissional

Janeiro de 2015 - fevereiro de 2023 Vigilante de Segurança, Segurança Infinita, Braga

  • Realização de patrulhas de segurança regulares num centro comercial para garantir a segurança das instalações, bens e pessoas.
  • Resposta a situações de emergência, tais como alarmes de incêndio, emergências médicas e violações de segurança.
  • Manutenção de registos precisos de incidentes de segurança, incluindo relatórios de incidentes e registos de atividade diária.
  • Descobri e evitei vários roubos de artigos nas lojas.

Março de 2013 - dezembro de 2014 Vigilante de Segurança, SECURITY-Xperts, Porto

  • Vigilante numa unidade de produção de peças para automóveis.
  • Atendimento aos visitantes das instalações, encaminhando-os para os locais próprios.
  • Manuseamento de equipamento de segurança, incluindo sistemas de controlo de acesso, câmaras CCTV e sistemas de alarme de incêndio.
  • Registo de entradas e saídas das instalações.

Educação

Ser vigilante de segurança não exige formação de nível superior, pelo que basta ter a escolaridade mínima. No entanto, ainda deverá incluir esta secção referindo a escola que frequentou, o curso ou agrupamento referente aos seus estudos, o período em que frequentou a escola, bem como outros aspetos relevantes, como as disciplinas mais importantes, a participação em grupos ou projetos, a média final do curso, eventuais reconhecimentos, entre outros.

É importante referir que o curso de formação de vigilante de segurança, que dá acesso à profissão não deve ser colocado nesta secção, mas numa secção posterior denominada “Cursos”.

Educação

Setembro de 2009 - junho de 2012 Curso Tecnológico de Administração, Escola Secundária São Pedro - Vila Real

  • Disciplinas principais: contabilidade, técnicas de administração, economia e MACS.
  • Média final do curso: 15 valores.
  • Participei no grupo de teatro da escola.

Dica profissional

Muitas empresas utilizam programas de recrutamento e seleção de candidatos (ATS) para receber, armazenar e procurar os curricula vitae, por isso certifique-se de incluir palavras-chave relacionadas com o trabalho de segurança a que se está a candidatar. Estas palavras-chave podem incluir termos como "cartão do MAI", "sentido de responsabilidade", "atendimento ao cliente" e “controlo de acessos”.

Competências

As competências são capacidades e conhecimentos inatos ou adquiridos através da educação, formação ou experiência. São qualidades que uma pessoa utiliza para desempenhar um trabalho ou tarefa de forma eficaz. Referir as suas competências é muito importante num curriculum vitae para vigilante de segurança privada e entre as mais relevantes para este trabalho estão:

  • Aptidão física: os vigilantes de segurança precisam de estar aptos fisicamente e ter a destreza necessária para executar várias tarefas, incluindo ficar de pé durante longos períodos, fazer rondas e responder a emergências.
  • Capacidade de comunicação: é essencial ter uma ótima capacidade de comunicação para interagir com as pessoas, resolver conflitos e fornecer instruções claras e concisas.
  • Atenção ao detalhe: a capacidade de estar alerta e prestar muita atenção ao seu ambiente para identificar potenciais ameaças à segurança e garantir a segurança das pessoas e bens.
  • Capacidade de resolução de problemas: os vigilantes de segurança precisam de conseguir pensar criticamente e tomar decisões rápidas em emergências.
  • Competências tecnológicas: muitos sistemas de segurança e equipamentos de vigilância dependem da tecnologia, pelo que os vigilantes de segurança precisam de saber usar computadores e outras tecnologias.
  • Capacidade de trabalhar em equipa: os vigilantes trabalham frequentemente como parte de uma equipa, por isso é importante ter boas capacidades de trabalho em equipa, incluindo a capacidade de trabalhar bem com os outros e de seguir instruções.
  • Conhecimento dos procedimentos e regulamentos de segurança: é essencial ter conhecimentos sobre procedimentos, regulamentos e leis de segurança para desempenhar o seu trabalho de forma eficaz.

Línguas

Apesar de não ser uma secção obrigatória, a secção de línguas pode ser relevante para um curriculum vitae de segurança privada caso seja necessário lidar com pessoas de outras nacionalidades. Para os vigilantes que trabalham em empresas com funcionários, clientes ou fornecedores estrangeiros, este pode ser um requisito obrigatório.

Cursos

A secção de cursos também não é obrigatória na generalidade dos curricula, mas num curriculum vitae de segurança privada é muito importante, uma vez que é onde pode incluir o curso de formação de vigilante de segurança privada. Além disso, também pode incluir outras formações que tenha tirado ao longo do seu percurso profissional.

Cursos

Setembro de 2012 Curso de formação de vigilante de segurança privada

Curso realizado na FormaSegurança, certificado pela PSP, para obtenção do cartão do MAI. Foram abordados temas como: segurança física e controlo de acessos, como realizar revistas pessoais, gestão de conflitos, técnicas de defesa pessoal, etc.

Como formatar o seu curriculum vitae

Ter um bom conteúdo é importante, mas de pouco servirá se o seu curriculum vitae para vigilante de segurança não estiver devidamente formatado e com boa aparência. Geralmente, neste tipo de curriculum vitae é preferível optar pelo formato cronológico, que apresenta as suas experiências profissionais e de educação das mais recentes para as mais antigas, do que pelo formato funcional, que se foca nas suas competências. Isto acontece porque um curriculum vitae funcional tende a ser mais adequado para trabalhos mais criativos e associados à inovação, e utilizá-lo neste contexto pode gerar desconfiança nos recrutadores.

As melhores cores a utilizar neste tipo de documento são cores neutras como o preto, cinzento, azul-marinho e branco. Estas cores dão uma aparência profissional e conservadora, o que é apropriado para um trabalho de segurança. É importante evitar usar cores demasiado chamativas ou arrojadas, que neste caso podem transmitir uma imagem de falta de comprometimento sério com o trabalho.

Apesar de não ser obrigatório, é possível adicionar uma foto. Esta deve ter um aspeto sóbrio e profissional, algo essencial num trabalho como vigilante de segurança

Deve optar por tipos de letra como Arial, Times New Roman ou Calibri, o texto deve ter um tamanho entre 10 e 12 e o espaço entre linhas deve ser de 1,15 ou 1,25.

Crie um curriculum vitae para vigilante de segurança agora!

Pretende criar um curriculum vitae para vigilante de segurança que maximize as suas hipóteses de sucesso? Escolha um dos modelos de curriculum vitae bonitos e profissionais disponíveis no Jobseeker e crie um documento atrativo em apenas alguns minutos!

Partilhar via:
Danny Almeida
Danny Almeida
LinkedIn
Autor
Danny Almeida é criador e revisor de conteúdos, especializado em RH e tecnologia. Procura ajudar e facilitar a tarefa dos candidatos a emprego, orientando-os rumo ao sucesso.

Fique à frente da concorrência

Faça com que as suas candidaturas de emprego se destaquem dos outros candidatos.

Comece agora