Endereço no currículo: como colocar?

Endereço no currículo: como colocar?

A criação de um currículo profissional costuma gerar muitas dúvidas entre os candidatos a vagas de emprego, principalmente sobre a inclusão ou não de algumas informações. Uma das seções para a qual essas dúvidas aparecem com maior frequência é justamente a primeira, dedicada aos seus dados pessoais. Informações como nome completo e dados para contato (como e-mail e telefone) sempre deverão estar lá. Mas o que mais não pode faltar? A necessidade de colocar endereço no currículo, por exemplo, ainda provoca polêmica mesmo entre profissionais de recursos humanos.

A verdade é que não há uma resposta universal. Normalmente, você terá de mencionar ao menos a cidade onde você mora no currículo, mas é preciso informar mais que isso? Qual a necessidade para o empregador de ver o número da sua casa e seu CEP no currículo?

É justamente sobre a necessidade ou não de detalhar essa informação e sobre como colocar endereço no currículo que falamos neste artigo, sempre pensando de acordo com a vaga e com o seu perfil profissional.

Devo colocar endereço no currículo? Prós e contras

Como falamos, o mais indicado é sempre citar pelo menos a cidade onde você mora no currículo. Você também deverá incluir o país de residência, caso ele não seja o mesmo do local onde você pretende trabalhar.

Então, o que estamos discutindo neste artigo diz respeito, na verdade, ao endereço completo, que inclui nome da rua, número da casa e CEP. Ou seja, informações que você daria para alguém caso esperasse receber uma carta dessa pessoa, por exemplo.

Desvantagens do endereço no currículo

Há muitos argumentos favoráveis, mas outros que se opõem à inclusão do endereço no currículo. Como argumentos favoráveis, podemos citar, por exemplo, a irrelevância dessa informação para o recrutador. Afinal, essa informação pode simplesmente não fazer diferença para ele e ainda ocupar um espaço precioso em seu currículo.

Há ainda duas questões sobre as quais você deverá refletir, ao pensar em como colocar endereço no currículo. A primeira delas diz respeito à distância que você mora do local de trabalho e o quanto essa informação pode prejudicar sua candidatura. A outra questão está relacionada à sua privacidade e segurança. Afinal, você pode ter receio sobre um possível vazamento do seu endereço e eventuais consequências que isso possa ter.

Vantagens do endereço no currículo

Obviamente, há também argumentos favoráveis à inclusão do endereço no currículo. A empresa pode estar procurando especificamente ou dando preferência a moradores de uma certa região (que vivam em outro país ou falem uma língua estrangeira específica) ou, pelo contrário, que morem perto do local de trabalho, por diversas razões. Em casos assim, o endereço pode até ser cobrado como uma informação obrigatória no currículo.

A seguir, explicamos melhor como proceder em algumas dessas situações, nas quais você poderá pender mais para uma ou outra decisão.

Economia e pontualidade são valorizadas por muitas empresas

Dependendo da vaga à qual você está concorrendo, o empregador pode estar interessado em saber seu endereço exato para economizar nas despesas com o seu deslocamento até o local de trabalho. Como o vale-transporte é obrigatório no Brasil, a empresa poderá ter gastos maiores com funcionários que dependam de mais de uma condução ou mesmo de transporte intermunicipal para ir e voltar do trabalho.

Se esse for o caso da empresa à qual você está se candidatando, informar seu endereço pode tanto beneficiá-lo (caso você more perto) quanto prejudicá-lo (se sua residência for muito distante). Afinal, ações como colocar endereço no currículo darão um argumento para o empregador valorizar ou rejeitar sua candidatura. De qualquer forma, nessa situação, caso você não mencione seu endereço no currículo, provavelmente perguntarão a respeito antes de marcar uma entrevista (ou durante a própria entrevista).

Em algumas situações, a empresa pode não estar tão preocupada com o custo do seu transporte. Principalmente, se o seu cargo e salário estiverem em um nível relativamente alto, pois esse fator deixaria de ter um impacto tão grande nos gastos com sua contratação. De qualquer forma, a distância da sua casa para o trabalho pode gerar dúvidas no empregador sobre eventuais problemas com congestionamentos ou dificuldades na rede pública de transportes, o que poderia afetar sua pontualidade.

Caso você more perto do trabalho e acredite que a empresa pode valorizar isso por uma questão econômica ou logística, não deixe de mencionar o seu endereço no currículo. Você pode ser mais discreto(a), mencionando apenas bairro e cidade (ex. Vila Mariana, São Paulo-SP), caso essa informação sirva como uma sinalização clara ao empregador.

Proximidade como vantagem em situações de emergência

Em muitas situações, morar perto do trabalho deixa de ser uma vantagem e passa a ser uma necessidade. Afinal, alguns cargos exigem que você seja capaz de chegar ao local de trabalho rapidamente. Alguns exemplos clássicos:

  • Médico(a)
  • Técnico(a) de manutenção (mecânico, eletricista etc.)
  • Gerente de loja ou chefe de escritório (caso tenha as chaves do local)

Em casos assim, a própria empresa pode exigir, já na descrição da vaga, que você informe seu endereço no currículo. Assim, poderá avaliar se você é adequado(a) ao cargo. Afinal, em situações de emergência, será importante que não more muito longe do trabalho.

Morando em outra região do país ou no exterior

Algo muito comum no mercado de trabalho é a procura de emprego em outras cidades, estados ou até mesmo países. Afinal, muitas vezes, estamos abertos a mudanças drásticas e até podemos ter isso como uma meta pessoal e profissional. Em situações assim, você pode se perguntar: devo colocar endereço no currículo ou ele será descartado quando notarem onde moro? A resposta a essa pergunta só poderia ser uma: depende.

Se você ainda mora em outra cidade, estado ou país no momento da inscrição a uma vaga, deverá obrigatoriamente mencionar isso em seu currículo. Ao enviar seu currículo por e-mail, por exemplo, você poderá aproveitar para tocar nesse assunto, mostrando-se disposto a se mudar ou até mesmo informando que tem uma data prevista para mudança, se for o caso. Como colocar endereço no currículo neste caso?

Você pode fazer algo como nestes exemplos:

Rua das Camélias 12

90010-000 Rio de Janeiro-RJ

Aberto a mudanças

ou

Avenida dos Pinheiros 14/101

90300-300 Salvador-BA

Mudança para Lisboa planejada para Maio de 2021

Em casos nos quais sua candidatura é para uma empresa localizada em uma cidade distante, ou em outro estado e país, torna-se ainda menos necessário escrever seu endereço completo. Afinal, já estará implícito ao empregador/recrutador que você se mudará para outro local, mais perto do local de trabalho, caso seja chamado(a) para a vaga.

Privacidade e segurança

Caso você não veja a necessidade ou qualquer vantagem em mencionar seu endereço completo no currículo, pode evitar fazê-lo por motivos de privacidade. Essa preocupação é comum principalmente entre candidatos a cargos mais altos em empresas, inclusive executivos. Em situações assim, pode haver temores de que o currículo vaze e chegue nas mãos erradas. Ou seja, você e sua família poderiam se tornar alvo de ladrões ou até mesmo sequestradores.

A preocupação é legítima. Portanto, mesmo que você decida fornecer seu endereço completo, por exigência ou por ver vantagens nisso, informe-se sobre a política da empresa para o tratamento dos seus dados. Mesmo com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no Brasil, esta ainda é uma questão complicada, pois nem todas as empresas e instituições mostram-se prontas para proteger as informações sob seu controle. Ou seja, evite compartilhar informações sensíveis com terceiros nos quais não confie plenamente.

Valorize o espaço em seu currículo

Um currículo deve ser sempre curto e direto, contendo apenas informações relevantes para a vaga à qual você está se candidatando. Gastar linhas com informações como o número do seu apartamento, bairro ou CEP, quando isso não interessa ao empregador, pode não apenas desperdiçar um espaço que você poderia estar dedicando a outras informações mais relevantes. Pode também dar a impressão de que você está gastando esse espaço de propósito, por falta de algo melhor a acrescentar.

Se você deseja colocar seu endereço completo no currículo, pode fazer isso usando apenas duas linhas:

Rua das Flores 15/101

CEP 90000-000 São Paulo (SP)

Se você quiser economizar espaço em seu currículo, pode citar apenas sua cidade e estado. Em alguns casos, pode optar por uma solução intermediária, incluindo ainda o bairro. Em ambos os cenários, pode fazer isso usando apenas uma linha:

Porto Alegre (RS)

ou

Bom Fim, Porto Alegre (RS)

Finalmente

Como vimos, há diferentes cenários que devemos considerar, e cada um deles pode influenciar sua decisão sobre colocar o endereço no currículo. O importante é sempre pensar no que a empresa espera de você e ser inteligente ao tratar de cada ponto sensível à sua candidatura. Ao mesmo tempo, você deve ser honesto(a) ao preparar seu currículo. Jamais minta sobre o local onde você mora, por exemplo, pois isso pode trazer muitos problemas a você futuramente.

Fique à frente da concorrência

Faça com que as suas inscrições de emprego se destaquem dos outros candidatos.